Analista político vê crescimento de Haddad nas pesquisas

O cientista político Antonio Lavareda, um dos mais renomados analistas de pesquisas eleitorais no país, diz que na pesquisa XP, "quando você diz que o Haddad é o candidato do Lula, aparece algo entre 13% e 15%. Pode-se dizer, com grande possibilidade, que Haddad pode chegar nesses 15%, talvez um pouco mais ou um pouco menos"

Analista político vê crescimento de Haddad nas pesquisas
Analista político vê crescimento de Haddad nas pesquisas (Foto: Esq.: Stuckert / Dir.: Reprodução)

247 - O cientista político Antonio Lavareda, um dos mais renomados analistas de pesquisas eleitorais no país, acredita que quatro candidatos vão estar na disputa pelo Planalto no primeiro turno: o ex-prefeito Fernando Haddad (no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), a ex-senadora Marina Silva (Rede), e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Ao comentar sobre Haddad, ele diz que a "pesquisa com o Datafolha mensurava em 30% os eleitores que dizem que com certeza votarão no candidato do Lula. Quando você pergunta o candidato do Lula, sem dizer o nome, as pessoas, na verdade, estão dizendo que vão votar no Lula". "Isso é diferente. Na XP, quando você diz que o Haddad é o candidato do Lula, aparece algo entre 13% e 15%. Pode-se dizer, com grande possibilidade, que Haddad pode chegar nesses 15%, talvez um pouco mais ou um pouco menos, dependendo da campanha do PT".

Questiona se acredita que O ex-prefeito vá além deste percentual, o analista afirmou que "vai depender de uma grande criatividade da campanha petista". "O Lula não pode fazer campanha efetivamente. Ele gravou algumas cenas. É um material bem diferente do que havia na campanha da Dilma Rousseff, em 2010".

Leia a íntegra da entrevista

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247