Aos 59, senador João Ribeiro morre em São Paulo

Parlamentar do PR por Tocantins foi vítima de complicações decorrentes de um transplante de medula para tratamento da síndrome mielodisplásica hiperfibrótica, que é um tipo de leucemia; ele morreu nesta manhã no Hospital Sírio-Libanês

Senador João Ribeiro (PR-TO) declara apoio à medida provisória que cria o Programa Mais Médicos (MP 621/13)
Senador João Ribeiro (PR-TO) declara apoio à medida provisória que cria o Programa Mais Médicos (MP 621/13) (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Karine Melo
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Morreu na manhã desta quarta-feira (18), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o senador João Ribeiro (PR-TO). O senador foi vítima de complicações decorrentes de um transplante de medula para tratamento da síndrome mielodisplásica hiperfibrótica, que é um tipo de leucemia.

Ribeiro chegou a se afastar das funções parlamentares em fevereiro deste ano e em agosto reassumiu a vaga no Senado, que agora deverá ser ocupada pelo suplente Ataídes de Oliveira (PSDB-TO).

O parlamentar começou a vida política em 1982, como vereador eleito pelo Partido Democrático Social (PDS), representante do esporte de Araguaína. Conquistou o primeiro mandato em Brasília, como deputado federal em 1994. Em 2003 chegou ao Senado Federal, foi reeleito em 2010 para mandato até 2018.

João Ribeiro era casado com Cinthia Alves Caetano Ribeiro e deixa sete filhos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247