Apoio do PSD a Serra é "incondicional", diz Kassab

"Se em algum momento ele definir sair candidato, sabe que contar comigo", afirmou o prefeito, que compareceu nesta noite ao sambdromno do Anhembi

Apoio do PSD a Serra é "incondicional", diz Kassab
Apoio do PSD a Serra é "incondicional", diz Kassab (Foto: Divulgação)

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, disse nesta primeira noite do Carnaval 2012 no sambódromo do Anhembi, na capital paulista, que é "incondicional" o apoio do PSDB ao PSD na sucessão à prefeitura de São Paulo caso o ex-governador José Serra seja candidato à disputa municipal. O prefeito de São Paulo, que é também presidente nacional do PSD, disse que uma aliança em 2012 não significa um alinhamento automático com o PSDB em 2014. "A questão é se ele vai abandonar o sonho de ser presidente", disse. Ele afirmou ainda tem uma relação "rotineira" com o ex-governador de São Paulo, e disse que não é o momento de discutir uma eventual dobradinha entre PSDB e PSD na corrida eleitoral.

"Se em algum momento ele definir sair candidato, sabe que contará comigo", afirmou o prefeito, que compareceu nesta noite ao sambódromno do Anhembi. "Não é o momento de se discutir esta questão, o momento é de se aguardar as definições", afirmou o prefeito. "O PSD vai se posicionar e na hora certa vai saber promover os entendimentos necessários.

O prefeito de São Paulo disse, ainda, que o PT entenderá a posição do PSD de apoiar o ex-governador de São Paulo, caso seja candidato à sucessão municipal. Nos últimos dias, José Serra tem dado indicações a aliados próximos de que poderá disputar a sucessão da prefeitura de São Paulo pelo PSD. Antes do movimento político, o prefeito de São Paulo articulava uma aliança entre PSD e PT à disputa municipal, com aval do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247