Após aceno de ACM Neto a Bolsonaro, Mandetta avalia deixar o DEM

Ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta avalia deixar o DEM, após o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente da sigla, não descartar a possibilidade de apoiar Jair Bolsonaro em 2022

Solenidade de Posse do senhor Nelson Luiz Sperle Teich, Ministro de Estado da Saúde
Solenidade de Posse do senhor Nelson Luiz Sperle Teich, Ministro de Estado da Saúde (Foto: Júlio Nascimento/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta está buscando um novo partido aos recentes acenos do presidente nacional DEM, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, a Jair Bolsonaro. A informação foi publicada por Veja

Mandetta pode sair candidato ao governo de Mato Grosso do Sul em 2022, uma disputa que também pode ter a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do mesmo partido, que tenta evitar uma debandada de filiados. "Será um movimento isolado", afirmou uma importante liderança do partido. 

O prefeito de Salvador chegou a dizer que poderia apoiar Bolsonaro na próxima eleição presidencial

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) já havia anunciado a sua saída do DEM, após o seu bloco ser derrotado na eleição para a presidência da Câmara.  O parlamentar apoiou Baleia Rossi (MDB-SP) contra o deputado Arthur Lira (PP-AL), que venceu o pleito e era apoiado por Bolsonaro.

O DEM ganhou a presidência do Senado, com Rodrigo Pacheco (MG), que também tinha o apoio do clã presidencial.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email