Após Costa Rica protestar contra Temer, Serra convoca embaixador

O ministro das Relações Exteriores, José Serra, convocou o embaixador do Brasil na Costa Rica, Jairo Gabel Bermudéz, para ouvir informações sobre a saída da delegação do país durante o pronunciamento de Michel Temer na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nesta terça-feira; além da Costa Rica, delegações de Bolívia, Venezuela, Equador e Cuba deixaram o plenário da ONU em como protesto contra impeachment; o governo da Costa Rica divulgou uma nota colocando em dúvida a democracia brasileira

O ministro das Relações Exteriores, José Serra, convocou o embaixador do Brasil na Costa Rica, Jairo Gabel Bermudéz, para ouvir informações sobre a saída da delegação do país durante o pronunciamento de Michel Temer na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nesta terça-feira; além da Costa Rica, delegações de Bolívia, Venezuela, Equador e Cuba deixaram o plenário da ONU em como protesto contra impeachment; o governo da Costa Rica divulgou uma nota colocando em dúvida a democracia brasileira
O ministro das Relações Exteriores, José Serra, convocou o embaixador do Brasil na Costa Rica, Jairo Gabel Bermudéz, para ouvir informações sobre a saída da delegação do país durante o pronunciamento de Michel Temer na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nesta terça-feira; além da Costa Rica, delegações de Bolívia, Venezuela, Equador e Cuba deixaram o plenário da ONU em como protesto contra impeachment; o governo da Costa Rica divulgou uma nota colocando em dúvida a democracia brasileira (Foto: Romulo Faro)

247 - O ministro das Relações Exteriores, José Serra, convocou o embaixador do Brasil na Costa Rica, Jairo Gabel Bermudéz, para ouvir informações sobre a saída da delegação do país durante o pronunciamento de Michel Temer na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nesta terça-feira.

Além da Costa Rica, delegações de Bolívia, Venezuela, Equador e Cuba deixaram o plenário da ONU em como protesto contra impeachment. O governo da Costa Rica divulgou uma nota colocando em dúvida a democracia brasileira após o impeachment de Dilma Rousseff.

"O governo brasileiro ficou surpreso com o episódio e tem dificuldade para compreender a motivação e a argumentação expostas na referida nota", disse Serra em nota.

O ato de convocar embaixador significa em linguagem diplomática descontentamento com algo ocorrido no país.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247