Após recuar sobre gays, Marina nega ter recuado

Colocada numa saia justa, por ter revisado seu programa de governo no que tange ao casamento gay após receber um ultimato do pastor Silas Malafaia, a candidata Marina Silva tentou encontrar uma saída;  "Na parte LGBT, o texto que foi para redação foi a parte apresentada pelos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram propostas e se contemplou tanto quanto possível as propostas", disse ela; a realidade, no entanto, é outra; o apoio ao casamento gay constava do programa e foi retirado após a pressão de Malafaia; para o deputado Jean Wyllys, Marina enganou eleitores "e não merece a confiança dos brasileiros"; nas redes sociais, ela virou piada com a hashtag #MarinaVoltaAtras

Colocada numa saia justa, por ter revisado seu programa de governo no que tange ao casamento gay após receber um ultimato do pastor Silas Malafaia, a candidata Marina Silva tentou encontrar uma saída;  "Na parte LGBT, o texto que foi para redação foi a parte apresentada pelos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram propostas e se contemplou tanto quanto possível as propostas", disse ela; a realidade, no entanto, é outra; o apoio ao casamento gay constava do programa e foi retirado após a pressão de Malafaia; para o deputado Jean Wyllys, Marina enganou eleitores "e não merece a confiança dos brasileiros"; nas redes sociais, ela virou piada com a hashtag #MarinaVoltaAtras
Colocada numa saia justa, por ter revisado seu programa de governo no que tange ao casamento gay após receber um ultimato do pastor Silas Malafaia, a candidata Marina Silva tentou encontrar uma saída;  "Na parte LGBT, o texto que foi para redação foi a parte apresentada pelos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram propostas e se contemplou tanto quanto possível as propostas", disse ela; a realidade, no entanto, é outra; o apoio ao casamento gay constava do programa e foi retirado após a pressão de Malafaia; para o deputado Jean Wyllys, Marina enganou eleitores "e não merece a confiança dos brasileiros"; nas redes sociais, ela virou piada com a hashtag #MarinaVoltaAtras (Foto: Leonardo Attuch)

247 - A ex-senadora Marina Silva, candidata à presidência da República pelo PSB, virou piada neste sábado nas redes sociais e se tornou um dos temas mais comentados no Twitter, com a hashtag #MarinaVoltaAtras. O motivo é o recuo dela no apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois que foi pressionada pelo pastor evangélico Silas Malafaia. A sinalização positiva aos direitos dos homossexuais, que constava do seu programa de governo, lançado ontem, foi retirada menos de 24 horas depois, depois que Malafaia ameaçou se pronunciar contra Marina (leia aqui).

Neste sábado, em campanha na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, Marina negou ter recuado em relação aos gays e também no tema da energia nuclear - outro tema em que ela também mudou sua posição. "Não foi uma revisão. Na verdade nos tivemos dois problemas no programa. Um em relação a questão nuclear, que era da parte Ciência e Tecnologia, uma questão não havia sido acordada com Eduardo. Na parte LGBT, o texto que foi para redação foi a parte apresentada pelos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram propostas e se contemplou tanto quanto possível as propostas", disse a candidata. "O texto que foi publicado não é o que havia sido acordado. O que fizemos é apenas retornar ao texto da mediação, da mesma forma que aconteceu na questão nuclear. Os próprios coordenadores fizeram a revisão", disse.

O fato, no entanto, é que seu programa de governo, lançado ontem, foi amplamente divulgado. Era conservador na economia - tanto que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) a acusou de plagiá-lo - e liberal nos costumes. Era. Mudou após a pressão de Malafaia, provocando a indignação do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ). "Você mentiu a todos nós e não merece a confiança do povo brasileiro", disse o parlamentar (leia aqui).

Nas redes sociais, eis alguns tuítes com a hashtag #MarinaVoltaAtras:

Não vamos desistir do Malafaia. Não vamos desistir dos usineiros.

": Marina volta atrás e diz que arroz é debaixo do feijão mesmo"

e diz q nunca participava do Você Decide da Globo por não saber do que ter certeza.

e diz que o Fluminense foi rebaixado.

e diz que Chico Mendes é da elite...

Marina volta atrás e diz que engordou 3 quilos apesar da dieta transgênica que adotou por orientação de Neca Itaú.





 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247