Arrependido por Lacerda, petista pede 40 chibatadas

Em aluso ao nmero do PSB, partido do prefeito Mrcio Lacerda, Francisco Maciel, que apoiou a eleiodo prefeito,se submete voluntariamente a receber 40 chibatadas em praa pblica de Belo Horizonte, em protesto contra demisso de 17 colegas do gabinete do vice-prefeito Roberto Carvalho (PT)

Arrependido por Lacerda, petista pede 40 chibatadas
Arrependido por Lacerda, petista pede 40 chibatadas (Foto: CRISTIANO COUTO/ AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A decisão do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, de demitir de 17 funcionários do gabinete de seu vice, Roberto Carvalho (PT), levou um funcionário da Prefeitura a protestar de forma no mínimo inusitada nesta terça-feira. Assistente administrativo da prefeitura, Francisco de Assis Maciel se submeteu a uma sessão de 40 chibatadas -- em homenagem ao número do PSB, partido de Lacerda -- em praça pública, no centro da capital mineira, para fazer um mea culpa por ter participado da campanha que levou Márcio Lacerda à Prefeitura.

As coisas não vão nada bem no governo de Belo Horizonte desde que o vice-prefeito Roberto Carvalho rompeu a aliança que sustentava a gestão de Lacerda desde seu início, em 2008. Insatisfeito com o espaço concedido ao PSDB no governo, os petistas de Belo Horizonte decidiram encampar campanha própria nas eleições de 2012, e conversam com o PMDB para tentar evitar a reeleição de Lacerda, que já fez convite de coligação ao PSDB. As disputas políticas da capital mineira tiveram seu último capítula na demissão de 17 funcionários do gabinete de Carvalho, que serão substituídos por profissionais indicados por Lacerda.

Conhecido como Chiquinho Maciel, o funcionário que se submeteu às chibatadas é concursado da Secretaria Municipal de Planejamento e trabalhava junto com os servidores exonerados do gabinete do vice. “Estou usando esse momento para fazer um resgate do militante político”, disse ao jornal Estado de Minas.  "Eu resolvi ouvir meu coração, que estava muito angustiado diante da covardia contra 17 valorosos trabalhadores que foram demitidos por questões políticas”, completou.

O funcionário da Prefeitura foi amarrado sem camisa a um poste da Praça 7 e recebeu as chibatadas do amigo Ricardo Antônio de Almeida, que, assim como ele, é militante do PT. Francisco gemeu a cada golpe desferido pelo “carrasco”, para os aplausos das pessoas que assistiam ao seu martírio. “É inadmissível que uma administração pública não se paute pela democracia e pelo diálogo em pleno século 21”, disse o manifestante.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email