Barbosa testará sua popularidade na Sapucaí

Presidente do Supremo anuncia que vai assistir aos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro; camarotes já disputam primazia de receber juíz superstar; reação do público terá ressonância nacional; se for aplaudido, Barbosa não sairá mais das bolsas de apostas sobre presidenciáveis

Barbosa testará sua popularidade na Sapucaí
Barbosa testará sua popularidade na Sapucaí
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Para um ministro do Supremo que é aplaudido em restaurantes, dá autógrafos dentro de aviões e está nas contas políticas de muita gente como forte presidenciável para 2014, o chamado teste da Marquês de Sapucaí é estratégico para a consolidação de planos futuros. Uma vaia saída do público que vai aos desfiles das escolas de samba, no Rio de Janeiro, pode acabar com as melhores pretensões, mas aplausos acolorados ganham, imediatamente, dimensão nacional.

O ministro Joaquim Barbosa está decidido a passar por esse teste. Paparicado pela mídia e recebido pelo público como espécie de superstar do Judiciário, ele anunciou que não apenas vai passar o Carnaval no Rio, mas que também é presença certa no desfile das escolas. Sua presença já causa frisson nos camarotes, numa disputa em que o vencedor deterá a primazia de receber uma celebridade que vai atrair muitos flashs para os seus patrocinadores.

O simples pisar de Barbosa na Sapucaí será suficiente para que todas as bolsas de apostas sobre os presidenciáveis de 2014 voltem a incluir o nome dele entre os pré-candidatos. O ministro poderá desmentir as pretensões o quanto quiser, mas nenhuma negativa será suficiente. No campo da dissimulação, de resto, ele tem se saído muito bem. Com frases do tipo "não tenho vontade agora", ele deixa a janela aberta para ser cortejado. Na Sapucaí, só terá de tomar muito cuidado com os fotógrafos que estarão vigiando cada um dos seus movimentos. Por estar do lado de uma beldade chamada Lilian Ramos, que foi para o carnaval de 1994 sem calcinha, o então presidente Itamar Franco por pouco não perdeu o cargo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247