Bebianno diz que Jair Bolsonaro está perturbado e ameaça: o Brasil pode tremer na segunda

Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: "Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer", segundo aponta reportagem dos jornalistas Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, publicada nesta manhã; Bebianno avalia que Bolsonaro foi desleal ao demiti-lo, usando como pretexto uma reunião que ele teria com representantes da Globo; ele também avalia que, depois do hospital, Bolsonaro está "alienado, perturbado da cabeça"

Bebianno diz que Jair Bolsonaro está perturbado e ameaça: o Brasil pode tremer na segunda
Bebianno diz que Jair Bolsonaro está perturbado e ameaça: o Brasil pode tremer na segunda (Foto: Marcelo Casal Júnior / Agência Brasil)

247 – O caso Gustavo Bebianno ainda vai dar muito pano pra manga. Reportagem publicada nesta manhã pelos jornalistas  Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, publicada nesta manhã pelos jornalistas Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, no site da revista Veja, revela que Bebianno está indignado com a deslealdade de Jair Bolsonaro, que teria atirado nas costas em um de seus mais leais soldados. Abaixo, um trecho:

À noite, no hotel, Bebianno soube pela TV que Bolsonaro resolveu demiti-lo usando como argumento o vazamento de um áudio em que o presidente censura a audiência em que ministro receberia um emissário da Rede Globo e não pela situação ocorrida com Carlos Bolsonaro.

Por telefone, a um interlocutor, Bebianno afirmou que vai passar o fim de semana pensando e ameaçou: "Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer". A essa mesma fonte, disse que falou a Bolsonaro que o presidente é um ingrato e que o país inteiro vai ver isso. Ainda de acordo com Bebianno, o líder do Planalto está "alienado, perturbado da cabeça". Ele resumiu sua situação com uma frase: "Só sei oficialmente do que eu sei oficialmente".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247