Berzoini nega acusação sobre cobrança de propinas

Ex-diretor da Andrade Gutierrez disse que Ricardo Berzoini fazia ‘cobranças incisivas’ de propina no valor de 1% de todos os contratos que a empreiteira tinha com o governo federal; o ex-ministro reagiu: “Não comento o conteúdo da delação. Só posso dizer que trata-se de um assunto que é mais um vazamento seletivo de matéria que deveria estar sob sigilo e que não corresponde à verdade”

Ex-diretor da Andrade Gutierrez disse que Ricardo Berzoini fazia ‘cobranças incisivas’ de propina no valor de 1% de todos os contratos que a empreiteira tinha com o governo federal; o ex-ministro reagiu: “Não comento o conteúdo da delação. Só posso dizer que trata-se de um assunto que é mais um vazamento seletivo de matéria que deveria estar sob sigilo e que não corresponde à verdade”
Ex-diretor da Andrade Gutierrez disse que Ricardo Berzoini fazia ‘cobranças incisivas’ de propina no valor de 1% de todos os contratos que a empreiteira tinha com o governo federal; o ex-ministro reagiu: “Não comento o conteúdo da delação. Só posso dizer que trata-se de um assunto que é mais um vazamento seletivo de matéria que deveria estar sob sigilo e que não corresponde à verdade” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente do PT, Ricardo Berzoini, afirmou que ‘não corresponde à verdade’ o depoimento do delator Flávio Gomes Machado Filho.

Ex-diretor da Andrade Gutierrez disse que Berzoini fazia ‘cobranças incisivas’ de propina no valor de 1% de todos os contratos que a empreiteira tinha com o governo federal.

“De uma forma incisiva e um pouco além do tom (foram feitos pedidos) pelo presidente (do PT, Ricardo) Berzoini para o presidente Otávio”, disse Machado no depoimento. “Veladamente deu para entender que poderia haver algum tipo de situação desconfortável para nós”, afirmou. Segundo ele, o clima da conversa foi “bastante desagradável”.

O ex-ministro reagiu: “Não comento o conteúdo da delação. Só posso dizer que trata-se de um assunto que é mais um vazamento seletivo de matéria que deveria estar sob sigilo e que não corresponde à verdade”.

Leia aqui reportage de Valmar Hupsel Filho sobre o assunto. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247