Bolsonaro diz que, se eleito, apresentará reformas em janeiro

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse já ter propostas de reformas prontas para serem apresentadas em janeiro, inclusive para uma reforma tributária, caso seja eleito presidente, e afirmou que seu eventual governo vai buscar um "dólar compatível" e uma menor taxa de juros; "As reformas que têm que ser feitas, tributária e etc, está praticamente tudo pronto, está quase tudo com sinal verde, e uma vez a gente chegando, se elegendo, apresenta em janeiro essas propostas", afirmou

Bolsonaro diz que, se eleito, apresentará reformas em janeiro
Bolsonaro diz que, se eleito, apresentará reformas em janeiro (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Reuters - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse já ter propostas de reformas prontas para serem apresentadas em janeiro, inclusive para uma reforma tributária, caso seja eleito presidente, e afirmou que seu eventual governo vai buscar um "dólar compatível" e a menor taxa de juros possível.

"As reformas que têm que ser feitas, tributária e etc, está praticamente tudo pronto, está quase tudo com sinal verde, e uma vez a gente chegando, se elegendo, apresenta em janeiro essas propostas", disse Bolsonaro em entrevista à TV Record reproduzida na conta oficial do Twitter do candidato, na noite de quarta-feira (11).

"Não aumentaremos mais imposto, até porque ninguém tem como pagar mais imposto no Brasil. A ideia é desburocratizar e desregulamentar muita coisa", acrescentou.

O candidato do PSL afirmou ter estabelecido algumas metas econômicas a serem buscadas pelo ministro da Fazenda de seu eventual governo, o economista Paulo Guedes, entre elas "um dólar compatível, uma taxa de juros menor possível e buscar uma maneira de pagar a dívida interna".

 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247