Bolsonaro ignora decisão do STF e continua ameaçando governadores e prefeitos

A AGU informou que pretende ajuizar ações contra outras esferas do governo, sendo os governadores e prefeitos, mesmo após decisão contrária do STF

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Bolsonaro continua ameaçando prefeitos e governadores, mesmo após a sinalização do Supremo Tribunal Federal (STF) pela decisão de que os estados e municípios têm autonomia para decretar medidas restritivas no combate à propagação do novo coronavírus. A informação é do jornal Folha de São Paulo

A Advocacia Geral da União (AGU) divulgou no último sábado (11) uma nota afirmando que pretende ajuizar ações contra outras esferas do governo para “garantir a ordem democrática e a uniformidade das medidas de prevenção à Covid-19”. 

O ministro do STF Alexandre de Moras, antes mesmo da publicação de nota pela AGU, decidiu na última quinta-feira (9) que o governo federal não pode “afastar unilateralmente” as normas de restrição de circulação adotadas por estados e municípios. A medida foi motivada por uma ação da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) que exigia da Suprema Corte que Bolsonaro fosse obrigado a seguir as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247