Bolsonaro posta foto com presidente da Fundação Palmares, que acredita não haver racismo no Brasil

Nomeação de Sergio Camargo chegou a ser negada pela Justiça. Ele se identifica nas redes sociais como “negro de direita e antivitimista”, fala em "racismo Nutella" e defende o fim do Dia da Consciência Negra

Bolsonaro e Sergio Camargo, da Fundação Palmares
Bolsonaro e Sergio Camargo, da Fundação Palmares (Foto: Reprodução / Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro postou em suas redes sociais nesta terça-feira 3 uma foto com o novo presidente da Fundação Cultural Palmares, Sergio Camargo Nascimento, que lhe fez uma visita no Palácio do Planalto. A nomeação foi uma das mais polêmicas do governo Bolsonaro.

Sérgio Camargo se apresenta nas redes sociais como “negro de direita e antivitimista”, diz haver "racismo Nutella" no Brasil, que a escravidão foi benéfica aos descendentes e defende o fim do Dia da Consciência Negra.

Segundo reportagem do Estado de S.Paulo, ele estaria promovendo demissões para formar uma equipe de acordo com seus ideais.

Em dezembro, o juiz da 18ª Vara Federal de Sobral (CE), Emanuel José Matias Guerra, suspendeu a nomeação de Sérgio Nascimento de Camargo para a presidência da Fundação, acolhendo ação popular de autoria do advogado Hélio de Sousa Costa, que apontou incompatibilidade entre declarações feitas pelo nomeado em suas redes sociais e os propósitos da Fundação Palmares. Uma decisão do STJ depois atendeu a AGU e liberou a nomeação.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247