Bolsonaro que irá hoje à ONU não será o que assinou carta da moderação

Bolsonaro de hoje vai conversar com o mesmo que esteve naquela posição em 2019 e em 2020: populista, autoritário, extremista

(Foto: Ag.Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - O presidente que vai estar nesta terça-feira (20/1) mais uma vez abrindo os trabalhos da Assembleia Geral da ONU nada tem a ver com o Jair Bolsonaro que assinou a carta pregando moderação menos de duas semanas atrás.

Neste Diagnóstico, quadro de análises em vídeo da coluna, explico que o Bolsonaro de hoje vai conversar com o mesmo que esteve naquela posição em 2019 e em 2020: populista, autoritário, extremista. Moldado à perfeição para seu público.

Leia a íntegra no Metrópoles.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email