Bolsonaro se enrola cada vez mais e diz que não registrou empréstimo no IR

A primeira declaração de Jair Bolsonaro sobre o cheque de R$ 24 mil de Fabrício Queiroz, ex-assessor do deputado Flávio Bolsonaro, à sua esposa, Michele Bolsonaro, contém imprecisões; Bolsonaro atribuiu o pagamento a uma dívida de Queiroz com ele, que teria chegado a um valor de R$ 40 mil, e que o pagamento foi feito por meio de dez cheques de R$ 4 mil; no entanto, o presidente eleito disse não lembrar do valor original da suposta dívida, que depois se avolumou; e, o mais grave, disse que não registrou a operação no Imposto de Renda

www.brasil247.com - Bolsonaro se enrola cada vez mais e diz que não registrou empréstimo no IR
Bolsonaro se enrola cada vez mais e diz que não registrou empréstimo no IR


247 - A primeira declaração do presidente eleito Jair Bolsonaro sobre o escândalo da movimentação de R$ 1,2 milhão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do deputado Flávio Bolsonaro, contém imprecisões.

Sobre o cheque de R$ 24 mil pago por Fabrício Queiroz à sua esposa, Michele Bolsonaro, o capitão da reserva disse que era o pagamento de uma dívida de Queiroz com ele, que teria chegado a um valor de R$ 40 mil, e que o pagamento foi feito por meio de dez cheques de R$ 4 mil.

Bolsonaro disse ao site O Antagonista não lembrar do valor original da suposta dívida, que depois se avolumou. E, o mais grave, ele comentou também que não registrou a operação no imposto de renda.

"Eu podia ter botado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa, porque eu não tenho tempo de sair. Essa é a história, nada além disso. Não quero esconder nada, não é nossa intenção."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jair Bolsonaro tem salário bruto de R$ 33,7 mil como deputado federal (líquido de R$ 24 mil), além do soldo de R$ R$ 5,6 mil, segundo o Exército. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email