Bolsonaro veta dispensa de atestado de empregado doente por 7 dias

Jair Bolsonaro vetou hoje (23) a dispensa de o empregado doente ter de apresentar atestado médico por sete dias a partir da necessidade de quarentena. Medida buscava evitar que as pessoas doentes tivessem de sair de casa para entregar o atestado ao empregador

(Foto: Carolina Antunes - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro vetou hoje (23) a dispensa de o empregado doente ter de apresentar atestado médico por sete dias a partir da necessidade de quarentena. A reportagem é do portal UOL. 

Aprovada pelo Senado em 31 de março deste ano, a medida buscava evitar que as pessoas doentes tivessem de sair de casa para entregar o atestado ao empregador enquanto durar o estado de calamidade pública causado pela pandemia do coronavírus.

Segundo o projeto, acrescenta a reportagem,  um trabalhador com covid-19, doença causada pelo coronavírus, por exemplo, deve comunicar o empregador assim que diagnosticado com o vírus e imposto à quarentena para evitar contaminar outras pessoas. No entanto, não precisa apresentar o atestado médico durante sete dias.

Bolsonaro justificou o veto ao projeto "por contrariedade ao interesse público". 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247