Brasil pode anunciar em maio compra de caças Rafale

Dilma segue os passos de Lula e pode usar a questo de transferncia de tecnologia para justificar negociao que ignora concorrncia internacional

Brasil pode anunciar em maio compra de caças Rafale
Brasil pode anunciar em maio compra de caças Rafale (Foto: Pascal Rossignol/REUTERS)

247 – O Brasil se prepara para anunciar em maio a compra de 36 unidades dos caças Rafale, suspensa no início do governo Dilma. A alegação será “transferência de tecnologia”. A negociação ignora a concorrência internacional que a lei exige e segue à risca o acordo entre França e Índia, primeiro país a adquirir o modelo, ajudando a tirar o fabricante Dassault do buraco. As informações são do blogueiro Claudio Humberto.

Então presidente, Lula anunciou a opção pelos Rafale durante visita do colega francês Nicolas Sarkozy, em setembro de 2009. Depois, recuou porque o fez sem solicitar parecer técnico da FAB. Além dos franceses, disputam a venda de US$ 10 bilhões em aviões de combate os caças F-18 da Boeing (EUA) e os Gripen da Saab (Suécia).

O ministro da Defesa, Celso Amorim, esteve recentemente na Índia, país que acaba de anunciar a intenção de adquirir caças do modelo francês Rafale. Ele disse que a Índia é um grande parceiro e que é importante trocar informações com o governo indiano. Amorim observou que a decisão de realizar a compra em 2012 não teria impacto imediato no orçamento deste ano, embora a negociação, uma vez firmada, vá comprometer recursos por um período de dez anos. "É uma compra necessária, mas não é barata. A demora em tomar a decisão é uma questão da capacidade financeira do país de fazer frente a certos encargos", disse o ministro.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247