Bruno Covas não vê Serra na disputa por São Paulo

Pr-candidato do PSDB prefeitura da capital paulista, Covas disse hoje no trabalhar com a possibilidade de o ex-governador participar da prvia para a escolha do candidato do partido, marcada para 4 de maro

Bruno Covas não vê Serra na disputa por São Paulo
Bruno Covas não vê Serra na disputa por São Paulo (Foto: ERNESTO RODRIGUES/AGÊNCIA ESTADO)

O secretário do Meio Ambiente e pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, Bruno Covas, disse, hoje, que não trabalha com a possibilidade de o ex-governador José Serra participar da prévia para a escolha do candidato do partido, que está marcada para o dia 4 de março. "Serra afirmou veementemente que não seria candidato e estamos trabalhando apenas com essa hipótese", disse. Covas participou nesta manhã, ao lado do governador Geraldo Alckmin, de evento comemorativo dos 116 anos do Horto Florestal.

Além de Bruno Covas, os tucanos têm outros três pré-candidatos que postulam vaga para a disputa da prefeitura paulistana: o deputado federal Ricardo Trípoli e os secretários estaduais da Cultura, Andrea Matarazzo, e de Energia, José Aníbal. Segundo Covas, os interessados em participar da prévia têm até o dia 14 de fevereiro para se inscreverem, conforme determina o estatuto do partido. Ele disse estar muito confiante nas prévias do início de março. "Estamos trabalhando bastante, todos os dias depois do expediente. A prévia é um processo consolidado", disse.

Alckmin, também presente ao evento, evitou comentar a aproximação do partido do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab o PSD, com o PT. Afirmou apenas que "a relação do PSDB com o PSD continua muito positiva". Kassab já declarou que pretende fazer uma proposta de aliança formal ao PT, para apoiar a candidatura do ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, à sua sucessão, com a possibilidade de indicar o nome do ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles para vice na chapa petista.

Durante o evento no Horto Florestal, Alckmin também reforçou que "não tem nenhuma informação" sobre o interesse de Serra em participar das prévias do partido, que escolherá o candidato à prefeitura de São Paulo. O governador anunciou um investimento de 15,4 milhões no parque, por meio de compensação ambiental, para reforma e revitalização do local.

Também hoje, o governador assinou um decreto que transfere à Secretaria de Estado Meio Ambiente, o Palácio do Horto, residência oficial de verão do governador do Estado. O palácio ficará, agora, aberto ao público.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247