Campanha de Dilma declara arrecadação de R$ 318 milhões

Esse é o número que consta na prestação final de contas eleitorais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da campanha à reeleição da petista; candidatura gastou R$ 318,35 milhões, abaixo do previsto, que era de R$ 383 milhões; excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais; comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas com materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu; contas de Dilma serão analisadas pelo ministro Gilmar Mendes

Esse é o número que consta na prestação final de contas eleitorais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da campanha à reeleição da petista; candidatura gastou R$ 318,35 milhões, abaixo do previsto, que era de R$ 383 milhões; excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais; comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas com materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu; contas de Dilma serão analisadas pelo ministro Gilmar Mendes
Esse é o número que consta na prestação final de contas eleitorais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da campanha à reeleição da petista; candidatura gastou R$ 318,35 milhões, abaixo do previsto, que era de R$ 383 milhões; excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais; comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas com materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu; contas de Dilma serão analisadas pelo ministro Gilmar Mendes (Foto: Gisele Federicce)

247 – A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição declarou à Justiça Eleitoral arrecadação de R$ 318,52 milhões.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, o número está na prestação final de contas apresentada ao TSE nesta terça-feira 25. A candidatura afirma que gastou R$ 318,35 milhões, valor abaixo do previsto pelo PT, que era de R$ 383 milhões. O excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais.

O comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas estimadas, ou seja, aquelas referentes a materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu. O custo da campanha deve chegar assim a R$ 350 milhões.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247