Cartão corporativo bancou nove quartos de hospedagem para servidores que acompanhavam Michelle em viagem de lazer a Alagoas

Na mesma ocasião, o maquiador e amigo próximo de Michelle, Agustin Fernandez compartilhou registros nas redes sociais em um hotel de luxo na mesma localidade

www.brasil247.com - Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro (Foto: Reuters)


247 - A farra do cartão corporativo do clã Bolsonaro ganhou mais um capítulo, desta vez com a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. Reportagem do jornal O Globo revela que Michelle levou servidores com ela em uma viagem de lazer a São Miguel dos Milagres, no estado de Alagoas e pagou tudo com o cartão corporativo.

De acordo com a reportagem, o cartão corporativo foi usado para pagar a hospedagem da equipe de segurança da Secretaria Especial de Administração da Presidência da República. “Entre os dias 3 e 9 de abril de 2021, foram gastos R$ 16,2 mil em diárias para os servidores que ficaram alojados em uma pousada localizada na Rota Ecológica da cidade turística”, destaca o texto. Ao todo foram nove quartos. 

Entre os beneficiados com o regalo estava o maquiador e amigo próximo de Michelle, Agustin Fernandez, que na mesma ocasião compartilhou registros no Instagram de sua passagem pelo hotel Vila Stature, acomodação de luxo na cidade que conta com suítes e bângalos com piscina privativa na beira do mar. Atualmente, as diárias são a partir de R$ 2 mil. O post, inclusive, foi curtido por Michelle. 

Apenas em abril de 2021, a família de Jair Bolsonaro (PL) fez sete viagens, quatro delas foram realizadas por Michelle. A ex-primeira-dama esteve em três cidades do interior de São Paulo — Presidente Prudente, Araçatuba e São José do Rio Preto — e em outro destino turístico, Caldas Novas, em Goiás, onde a equipe de servidores ficou hospedada por três dias. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247