Cientista político diz que apoio a Temer é o maior erro já cometido pelo PSDB

"O PSDB cometeu o seu maior erro. Não percebeu que o núcleo do seu eleitorado (classe média das maiores cidades) já não apoia Temer. A vocação do PSDB não é ser o PMDB do PMDB. Faltou um grande líder para lembrar isso ao partido", diz o cientista político Jairo Nicolau, ao comentar a decisão do PSDB, avalizada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de seguir com Michel Temer, rejeitado por mais de 90% dos brasileiros

"O PSDB cometeu o seu maior erro. Não percebeu que o núcleo do seu eleitorado (classe média das maiores cidades) já não apoia Temer. A vocação do PSDB não é ser o PMDB do PMDB. Faltou um grande líder para lembrar isso ao partido", diz o cientista político Jairo Nicolau, ao comentar a decisão do PSDB, avalizada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de seguir com Michel Temer, rejeitado por mais de 90% dos brasileiros
"O PSDB cometeu o seu maior erro. Não percebeu que o núcleo do seu eleitorado (classe média das maiores cidades) já não apoia Temer. A vocação do PSDB não é ser o PMDB do PMDB. Faltou um grande líder para lembrar isso ao partido", diz o cientista político Jairo Nicolau, ao comentar a decisão do PSDB, avalizada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de seguir com Michel Temer, rejeitado por mais de 90% dos brasileiros (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O cientista político Jairo Nicolau afirmou ao jornalista Ancelmo Gois que o apoio a Michel Temer foi o maior erro já cometido pelo PSDB.

"Em abril de 1992, o PSDB discutiu por seis dias se participaria ou não do governo Collor. O partido se inclinava pela participação, mas o senador Mário Covas, praticamente sozinho, vetou o movimento. Meses depois, apareceram as denúncias contra Collor e o partido se safou. 25 anos depois, o PSDB cometeu o seu maior erro. Não percebeu que o núcleo do seu eleitorado (classe média das maiores cidades) já não apoia Temer. A vocação do PSDB não é ser o PMDB do PMDB. Faltou um grande líder para lembrar isso ao partido", disse ele.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email