Ciro é apoiado por direitistas após intensificar ataques a Lula

Completamente perdido, Ciro Gomes foi defendido por Moro, MBL e Danilo Gentilli

Ciro Gomes

247 - Os ataques cada vez mais intensos de Ciro Gomes (PDT) à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) o fizeram ser abraçado por influenciadores e personalidades da direita.

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil), condenado pelo STF como juiz parcial, publicou que as críticas de lulistas a Ciro são "mais uma demonstração da natureza totalitária do PT". 

Coordenador da campanha de Vinicius Poit (Novo) ao governo paulista, o ex-tucano e ex-bolsonarista Xico Graziano compartilhou declaração em que Ciro diz que a cúpula do PT está "enrolada em roubalheira". "Verdade", escreveu Graziano.

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

O pedetista também foi defendido por Renan Santos, coordenador nacional do MBL (Movimento Brasil Livre).

Já o apresentador Danilo Gentilli, também de direita, defendeu Ciro de questionamentos que ele sofre frequentemente por não ter feito campanha para Fernando Haddad (PT) no segundo turno de 2018, quando perdeu para Jair Bolsonaro (PL). "O gabinete do ódio petista começa nas manchetes dos jornais. Os caras vão acuando todo mundo que não se dobra", diz.

Na direita bolsonarista, o pedetista recebeu a solidariedade de Leandro Ruschel, influenciador baseado na Flórida (EUA). 

As informações são do Painel da Folha de S.Paulo.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.