Ciro entra em cena para ter apoio do centrão

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) deverá participar de reunião com os partidos do chamado "centrão", bloco liderado pelo DEM e PP, para tentar conseguir demover as lideranças partidárias de apoiarem o ex-governador Geradol Alckmin (PSDB) e ampliar o seu próprio leque de alianças; maiores obstáculos em relação uma aliança estão junto ao PR e PRB, que tendem a se coligar com Alckmin e Jair Bolsonaro (PSL), respectivamente

Ciro entra em cena para ter apoio do centrão
Ciro entra em cena para ter apoio do centrão (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

247 - O presidenciável Ciro Gomes (PDT) deverá participar, neste sábado (14), da reunião com os partidos do chamado "centrão", bloco liderado pelo DEM e PP, para tentar conseguir demover as lideranças partidárias de apoiarem o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e ampliar o seu próprio leque de alianças.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, Ciro teria pedido para se encontrar com os líderes do centrão antes da reunião que deverá definir qual rumo o bloco tomará nas eleições presidenciais deste ano. Somente após esta discussão, o grupo deverá se reunir isoladamente para decidir se apoiarão a candidatura de Ciro ou de Alckmin.

Os maiores obstáculos em relação uma aliança estão junto ao PR e PRB, que tendem a se coligar com Alckmin e Jair Bolsonaro (PSL), respectivamente. O apoio a Ciro também não é bem visto por parte de membros do DEM.

Após a reunião, as lideranças do centrão esperam dirimir as resistências internas entre os demais membros do bloco nos próximos dias.
O apoio do PRB a Ciro, porém, poderá ser obtido caso o nome do empresário Josué Alencar (PR-MG) seja viabilizado como vice do pedetista. Caso isso aconteça, o PRB deverá ingressar juntamente com os demais partidos do centrão no apoio a Ciro.

Por outro lado, o presidente do PR, Valdemar Costa Neto, deverá se encontrar com Jair Bolsonaro no início da próxima semana. Costa Neto tem dito a aliados que cerca de 50% da legenda está disposta a apoiar Bolsonaro e somente 30%% tendem a acompanhar uma decisão do centrão.

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247