CNMP desarquiva reclamação contra Deltan e rejeita recurso contra processo

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) rejeitou, nesta terça, um recurso de Deltan Dallagnol que solicitava o arquivamento de um processo administrativo disciplinar aberto contra ele

O procurador Deltan Dallagnol
O procurador Deltan Dallagnol (Foto: Agência Brasil)

247 - O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) rejeitou, nesta terça-feira (13/8), um recurso do procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato no Paraná, que solicitava o arquivamento de um processo administrativo disciplinar aberto contra ele. O procedimento foi aberto a pedido do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. A informação é do portal Correio Braziliense. 

A ação de Toffoli ao CNMP ocorreu em abril, após Dallagnol dar entrevista para a Rádio CBN. Na ocasião, o procurador afirmou que alguns ministros do STF "mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção". Outras duas ações contra Deltan foram retiradas de pauta e não devem ser apreciadas nesta terça-feira. Uma delas foi feita pelo senador Renan Calheiros, contra o tweet do procurador antes da eleição do Senado.

Ainda durante a sessão do CNMP desta segunda-feira, os conselheiros Leonardo Accioly da Silva e Erick Venâncio Lima do Nascimento, que representam a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no colegiado, pediram para que seja revisada uma decisão do corregedor Orlando Rochadel Moreira que arquivou uma representação contra Deltan.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247