CNT/MDA: Dilma cresce no 1º turno e empata no 2º

Presidente lidera a disputa ao Planalto no primeiro turno, segundo pesquisa do instituto MDA divulgada nesta manhã pela CNT; na comparação com última mostra, Dilma Rousseff subiu 3,9%, Marina Silva cresceu 5,3% e Aécio Neves caiu 1,3%; na simulação de 2º turno, petista empata tecnicamente com a candidata do PSB,  com 42,7% contra 45,5% da adversária; avaliação positiva do governo subiu de 33,1% para 37,5%; negativa caiu de 28,8% para 23%

Presidente lidera a disputa ao Planalto no primeiro turno, segundo pesquisa do instituto MDA divulgada nesta manhã pela CNT; na comparação com última mostra, Dilma Rousseff subiu 3,9%, Marina Silva cresceu 5,3% e Aécio Neves caiu 1,3%; na simulação de 2º turno, petista empata tecnicamente com a candidata do PSB,  com 42,7% contra 45,5% da adversária; avaliação positiva do governo subiu de 33,1% para 37,5%; negativa caiu de 28,8% para 23%
Presidente lidera a disputa ao Planalto no primeiro turno, segundo pesquisa do instituto MDA divulgada nesta manhã pela CNT; na comparação com última mostra, Dilma Rousseff subiu 3,9%, Marina Silva cresceu 5,3% e Aécio Neves caiu 1,3%; na simulação de 2º turno, petista empata tecnicamente com a candidata do PSB,  com 42,7% contra 45,5% da adversária; avaliação positiva do governo subiu de 33,1% para 37,5%; negativa caiu de 28,8% para 23% (Foto: Ana Pupulin)

247 – Pesquisa realizada pelo Instituto MDA divulgada nesta manhã pela Confederação Nacional dos Tranportes (CNT) aponta liderança da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno da disputa ao Planalto, com 38,1% das intenções de voto. A candidata do PSB, Marina Silva, registrou 33,5%. Em terceiro lugar, Aécio Neves, do PSDB, tem 14,7%.

Na comparação com a última pesquisa CNT/MDA, divulgada no dia 27 de agosto, Dilma subiu 3,9%, Marina subiu 5,3% e Aécio caiu 1,3%. O número de indecisos caiu quase pela metade, de 10,4% para 5,7%. Brancos e nulos caíram de 8,7% para 5,9%.

Em uma simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a petista, com 42,7% das intenções de voto, empata tecnicamente com a candidata do PSB, que registra 45,5%. Em uma eventual disputa entre Dilma e Aécio, a petista venceria com 47,5%, contra 33,7% do presidenciável tucano. Em uma terceira possibilidade, Marina (52,2%) também ganharia de Aécio (26,7%).

A pesquisa aponta que a maior parte dos entrevistados (49%) acredita que Dilma é quem vencerá as eleições. Em segundo lugar, está Marina (34,9%), e, em terceiro, Aécio (6,2%). A candidata do PT também lidera o limite de voto: 22,8% disseram que ela é a única em quem votariam. Marina tem 18,5% dessas intenções, e Aécio, 6,3%.

Avaliação do governo

A popularidade da presidente Dilma cresceu, segundo a mostra. A avaliação de governo era positiva para 33,1% na última pesquisa, no fim do mês passado. Hoje o indicador é de 37,5%. Enquanto isso, o percentual dos que consideraram seu governo ótimo cresceu de 6,8% para 7,7%. A performance considerada boa passou de 26,3% para 29,8%, e a regular de 37,4% para 39%.

A avaliação negativa, por sua vez, caiu e passou de 28,8% para 23%. A atuação considerada ruim passou de 11,8% para 10,8%, e a péssima, de 17% para 12,2%. Em relação ao desempenho pessoal, Dilma também registrou crescimento: de 47,4%, ela foi para 52,4% de aprovação. Já a quantidade dos que desaprovam passou de 47,4% para 42,9%.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 estados das cinco regiões, entre os dias 5 e 7 de setembro. 

Confira a íntegra da pesquisa:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247