Colunista que pediu morte de Lula pede proteção policial

O jornalista Mario Vitor Rodrigues, que publicou o artigo “Lula deve morrer”, foi à delegacia de Copacabana neste domingo e pediu proteção policial em razão de supostas ameaças de assassinato, que teria recebido na internet; o PT decidiu processá-lo por incitação à violência, crime previsto no artigo 286 do código penal; Rodrigues também fechou sua página no Facebook, na qual disse que “fanáticos” não sabem interpretar textos após a repercussão de sua coluna; o colunista também bloqueou sua conta no Twitter

O jornalista Mario Vitor Rodrigues, que publicou o artigo “Lula deve morrer”, foi à delegacia de Copacabana neste domingo e pediu proteção policial em razão de supostas ameaças de assassinato, que teria recebido na internet; o PT decidiu processá-lo por incitação à violência, crime previsto no artigo 286 do código penal; Rodrigues também fechou sua página no Facebook, na qual disse que “fanáticos” não sabem interpretar textos após a repercussão de sua coluna; o colunista também bloqueou sua conta no Twitter
O jornalista Mario Vitor Rodrigues, que publicou o artigo “Lula deve morrer”, foi à delegacia de Copacabana neste domingo e pediu proteção policial em razão de supostas ameaças de assassinato, que teria recebido na internet; o PT decidiu processá-lo por incitação à violência, crime previsto no artigo 286 do código penal; Rodrigues também fechou sua página no Facebook, na qual disse que “fanáticos” não sabem interpretar textos após a repercussão de sua coluna; o colunista também bloqueou sua conta no Twitter (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Mario Vitor Rodrigues, que publicou o artigo “Lula deve morrer”, foi à delegacia de Copacabana neste domingo e pediu proteção policial em razão de supostas ameaças de assassinato, que teria recebido na internet.

O PT decidiu processar Rodrigues por incitação à violência, crime previsto no artigo 286 do código penal. "O título é tipicamente uma incitação ao crime, conforme previsto no artigo 286 do Código Penal Brasileiro", afirma o partido em nota.

Rodrigues também fechou sua página no Facebook, na qual disse que “fanáticos” não sabem interpretar textos após a repercussão de sua coluna.

"Este episódio demonstra até que ponto setores da direita e das elites estão dispostos a chegar para impedir o retorno de Lula à presidência da República pelo voto do povo brasileiro", diz a nota do PT.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247