Com PSL em crise, Eduardo Bolsonaro manda deputado parar de "falar merda"

Crise no PSL e a ameaça de perder perder a presidência da Comissão de Relações Exteriores da Câmara levou o deputado Eduardo Bolsonaro a dizer que o colega de bancadaJunior Bozella precisa “parar de falar merda”

Deputado Federal Eduardo Bolsonaro
Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

A crise interna decorrente da disputa pelo comando do PSL e que pode levar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)a perder a presidência da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa da Câmara, considerada estratégica para alavancar a sua indicação à embaixada do Brasil em Washington, fez com que ele usasse o Twitter para dizer que o também deputado Junior Bozella (PSL-SP) precisa “parar de falar merda”. 

Bozella é ligado ala interna liderada pelo presidente do PSL, Luciano Bivar, que cobram a punição e a retirada de cargos dos parlamentares que ameaçam deixar o partido caso Jair Bolsonaro decida por isso. “Dep. @bozzellajr vai me tirar da presidência da CREDN? Vai tentar punir quem é Bolsonaro e depois espalhar outdoorzinho com a sua cara ao lado da do presidente? Se for para falar esse tipo de merda p/ imprensa pelo menos dê os nomes ou então fica quieto”, postou Eduardo no Twitter. 

Nesta quarta-feira (9), a deputada Alê Silva (PSL-MG) foi retirada da Comissão de Tributação e Finanças por determinação da cúpula da legenda. Bozella defendeu a decisão da legenda ao afirmar que "o partido é sério, é uma instituição e tem regra. Então, aquele que descumprir e atacar a imagem da instituição, automaticamente sofrerá algum tipo de punição, com certeza”, o que resultou na reação de Eduardo Bolsonaro. 

Confira a postagem de Eduardo Bolsonaro sobre o assunto. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247