Congresso já tem 32 pedidos de impeachment e sete CPIs para investigar Bolsonaro

Com situação crítica, o governo federal começou a distribuir cargos para o Centrão em troca de sustentação política no Legislativo - para aprovar suas propostas e se proteger das CPIs e dos pedidos de Impeachment

(Foto: Reprodução / Maryanna Oliveira /Camara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Já existem 32 pedidos de impeachment e pelo menos sete pedidos de comissões parlamentares de inquérito (CPIs) contra Jair Bolsonaro. Um dos pedidos de CPI mais avançados, segundo reportagem do jornal Estado de S. Paulo, é o realizado pelo Cidadania, que quer investigar as acusações de Sergio Moro de que Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal para proteger aliados. Na Câmara são necessárias 171 assinaturas para abrir uma CPI.

Com situação crítica, o governo federal começou a distribuir cargos para o Centrão em troca de sustentação política no Legislativo - para aprovar suas propostas e se proteger das CPIs e dos pedidos de Impeachment. Uma das medidas é a troca da liderança do governo na Câmara.

Nesta quinta-feira, 21, foi apresentado o primeiro pedido coletivo de impeachment com assinatura de mais de 400 entidades, além de personalidades públicas como juristas, políticos e os partidos de oposição PT, PCdoB, PSOL, PCB, PCO, PSTU e UP. A entrega do pedido foi comemorada por um ato que ocorreu em Brasília, com faixas “Impeachment Já” e “Fora Bozo e Mourão, novas eleições já”. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247