Conselhão do governo terá nomes ligados à inovação

Governo Dilma Rousseff deve acrescentar nomes como o do neurocientista Miguel Nicolelis e as presidentes da SBPC, Helena Nader, e da associação nacional de energia eólica, Elbia Ganooum na reforma do Conselhão; segundo a colunista Natuza Nery, objetivo é dar um sinal de que dialogará mais com setores vistos como modernos da economia; “É a composição da velha guarda do PIB com a nova”, disse um interlocutor 

www.brasil247.com - Governo Dilma Rousseff deve acrescentar nomes como o do neurocientista Miguel Nicolelis e as presidentes da SBPC, Helena Nader, e da associação nacional de energia eólica, Elbia Ganooum na reforma do Conselhão; segundo a colunista Natuza Nery, objetivo é dar um sinal de que dialogará mais com setores vistos como modernos da economia; “É a composição da velha guarda do PIB com a nova”, disse um interlocutor 
Governo Dilma Rousseff deve acrescentar nomes como o do neurocientista Miguel Nicolelis e as presidentes da SBPC, Helena Nader, e da associação nacional de energia eólica, Elbia Ganooum na reforma do Conselhão; segundo a colunista Natuza Nery, objetivo é dar um sinal de que dialogará mais com setores vistos como modernos da economia; “É a composição da velha guarda do PIB com a nova”, disse um interlocutor  (Foto: Roberta Namour)


247 - O Planalto quer usar a reforma do Conselhão como sinal de que dialogará mais com setores vistos como modernos da economia, segundo a colunista Natuza Nery.

Antes dominado por industriais e sindicalistas, o grupo abrirá espaço para nomes ligados à inovação, diz. Na lista encaminhada à presidente Dilma estão o neurocientista Miguel Nicolelis e as presidentes da SBPC, Helena Nader, e da associação nacional de energia eólica, Elbia Ganooum.

“É a composição da velha guarda do PIB com a nova”, disse um interlocutor.

O governo deve manter, no entanto, pesos pesados do PIB, entre eles Abilio Diniz e Benjamin Steinbruch. Do mundo financeiro, Luiz Carlos Trabuco e Murilo Portugal. Dilma deve dar aval aos nomes ainda esta semana.

A relação tem ainda 13 sindicalistas e o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-teto), Guilherme Boulos. O presidente da Força Sindical, Miguel Torres, antes excluído, também está na lista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247