Crise com ação da PF pode provocar derrubada de vetos à lei de abuso de autoridade

A crise desencadeada pela operação da Polícia Federal que mirou Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo no Senado, criou ambiente favorável à derrubada de vetos feitos por Jair Bolsonaro (PSL) à lei sobre abuso de autoridade

Fernando Bezerra Coelho
Fernando Bezerra Coelho (Foto: Jane de Araújo/Agência Senado)

 247 - A  crise desencadeada pela operação da Polícia Federal que mirou Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo no Senado, criou ambiente favorável à derrubada de vetos feitos por Jair Bolsonaro (PSL) à lei sobre abuso de autoridade. A reportagem é do jornal Folha de S.Paulo. 

A ação com buscas e apreensões feitas pela PF na quinta-feira (19) foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), e irritou parlamentares, que passaram a admitir um efeito colateral em relação ao governo e ao Judiciário.  

 O projeto sobre abuso de autoridade especifica condutas e prevê punições a juízes, promotores e policiais, por exemplo. No começo do mês, Bolsonaro, vetou 36 pontos de 19 dos 45 artigos constantes no texto aprovado pelo Congresso —que, agora, pode tentar retomar alguns pontos.  

  É na sessão do Congresso, que reúne deputados e senadores, que vetos presidenciais são analisados.  O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prevê convocar a sessão para a primeira semana de outubro —para não atrapalhar a agenda da semana que vem, tumultuada pelas votações do primeiro turno da reforma da Previdência e da indicação de Augusto Aras para a PGR (Procuradoria-Geral da República).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247