Cunha: “Se tiver fato, eu comento o fato”

"Se tiver fato, eu comento o fato. Não vou comentar absolutamente nada", disse o presidente da Câmara a jornalistas após participar de almoço em Brasília; reportagem publicada pelo Globo no início da tarde dá conta de que ele deve ser denunciado pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira por seu suposto envolvimento nas irregularidades investigadas pela operação Lava Jato

"Se tiver fato, eu comento o fato. Não vou comentar absolutamente nada", disse o presidente da Câmara a jornalistas após participar de almoço em Brasília; reportagem publicada pelo Globo no início da tarde dá conta de que ele deve ser denunciado pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira por seu suposto envolvimento nas irregularidades investigadas pela operação Lava Jato
"Se tiver fato, eu comento o fato. Não vou comentar absolutamente nada", disse o presidente da Câmara a jornalistas após participar de almoço em Brasília; reportagem publicada pelo Globo no início da tarde dá conta de que ele deve ser denunciado pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira por seu suposto envolvimento nas irregularidades investigadas pela operação Lava Jato (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), se recusou a comentar reportagem publicada no site do jornal O Globo de que ele deve ser denunciado pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira por seu suposto envolvimento nas irregularidades investigadas pela operação Lava Jato.

"Se tiver fato, eu comento o fato. Não vou comentar absolutamente nada", disse o deputado a jornalistas após participar de almoço em Brasília.

De acordo com a reportagem do jornal, Cunha será denunciado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele é acusado pelo empresário Julio Camargo, um dos delatores da Lava Jato, de receber propina de 5 milhões de dólares depois de fazer o pedido de pagamento pessoalmente ao delator.

(Reportagem de Leonardo Goy)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email