CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Damares reclama de homenagens a Lula e diz que Bolsonaro é mal compreendido

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - Em entrevista exclusiva à RFI em Genebra, na Suíça, nesta quarta-feira (26) a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves, lamentou o fato de Lula receber o título de cidadão honorário da capital francesa e defendeu Bolsonaro: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O meu presidente tem tentado um diálogo com jornalistas como nunca se viu na história do Brasil, mas é insultado, criticado, humilhado. É muita violência da parte do jornalista. E, às vezes, o meu presidente brinca. Então, não perdoam uma brincadeira, não perdoam uma fala dele, incitam, e na confusão, o levam a falar o que ele não quer falar", afirmou ela, como informa o Portal UOL. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Questionada sobre o que achava da vinda do ex-presidente Lula à Europa (França, Suíça e Alemanha), a ministra perguntou à repórter: "Você quer dizer um bandido condenado por corrupção? Que, por um acaso, foi presidente do Brasil? Ele vai estar aqui?"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE