Damares exonera representante de anistiados, que denuncia: “foi represália”

A ministra Damares Alves afastou da Comissão de Anistia o advogado Victor Mendonça Neiva, representante de entidades de anistiados no colegiado, que denunciou que é alvo de represália da ministra

Damares e o ‘ministério do cinismo’
Damares e o ‘ministério do cinismo’ (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

247 - A ministra Damares Alves afastou da Comissão de Anistia o advogado Victor Mendonça Neiva, representante de entidades de anistiados no colegiado. A informação é da Veja.

Neiva há algum tempo vem batendo de frente com a nova composição da comissão, formada por vários militares. O advogado pede vistas dos processos, o que incomoda os colegas, e tem feito críticas públicas ao comportamento de seus pares na comissão.

Mas a demissão de Neiva tem relação com um entendimento recente do ministério de que conselheiros não podem atuar nesses casos no Poder Judiciário. O advogado exonerado, que já tinha abandonado os casos que cuidava na comissão, atua em processos dessa natureza na Justiça.

Ele nega conflito de interesses e argumenta que o Estatuto da OAB não faz esse tipo de objeção.

Neiva criticou a comissão em recente artigo na Folha de S. Paulo. Foi uma resposta a outro artigo, do presidente da comissão, João Henrique Freitas, intitulado “Uma Comissão de Anistia sem ideologias”. Escreveu Neiva:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247