De olho nas eleições municipais, mais de 50 deputados não votarão no domingo

Pressões regionais e medo de indisposição com eleitorado pró e contra o golpe fará com que deputados de todo o Brasil deixem de comparecer na Câmara no próximo domingo, 17; grupo dos "focados" já conta com mais de 50 adeptos, e acredita-se que deva aumentar.; são parlamentares de todos os estados e de quase todos os partidos que, no próximo domingo, devem perder o voo, apresentar problemas de saúde ou qualquer outro imprevisto

Pressões regionais e medo de indisposição com eleitorado pró e contra o golpe fará com que deputados de todo o Brasil deixem de comparecer na Câmara no próximo domingo, 17; grupo dos "focados" já conta com mais de 50 adeptos, e acredita-se que deva aumentar.; são parlamentares de todos os estados e de quase todos os partidos que, no próximo domingo, devem perder o voo, apresentar problemas de saúde ou qualquer outro imprevisto
Pressões regionais e medo de indisposição com eleitorado pró e contra o golpe fará com que deputados de todo o Brasil deixem de comparecer na Câmara no próximo domingo, 17; grupo dos "focados" já conta com mais de 50 adeptos, e acredita-se que deva aumentar.; são parlamentares de todos os estados e de quase todos os partidos que, no próximo domingo, devem perder o voo, apresentar problemas de saúde ou qualquer outro imprevisto (Foto: Aquiles Lins)

Luiz Modesto, especial para o 247 - Parlamentares de todo o Brasil pretendem abrir mão do direito de participar do processo que escolherá o destino da presidente Dilma Rousseff no próximo domingo (17).

Parte dos deputados vem sofrendo pressões de aliados regionais ou de lideranças religiosas para que não compareçam à Sessão Plenária que decidirá sobre o andamento do processo de Impeachment. Outro grupo, um pouco maior, é composto por parlamentares que têm interesse no processo eleitoral municipal deste ano, e que veem riscos em rachar as articulações que vêm sendo construídas em instâncias locais.

Segundo assessorias, há grande preocupação com o clima de rivalidade entre defensores e opositores ao governo, e diversos parlamentares acreditam que as consequências de qualquer que seja o resultado da votação de domingo devem contaminar o processo de eleições municipais.

O grupo dos "focados" já conta com mais de 50 adeptos, e acredita-se que deva aumentar. São parlamentares de todos os estados e de quase todos os partidos que, no próximo domingo, devem perder o voo, apresentar problemas de saúde ou qualquer outro imprevisto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247