Decisão do STF sobre impeachment de Temer sai até próxima semana, diz Moraes

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal, revelou quando a Suprema Corte vai bater o martelo sobre os pedidos de impeachment protocolados contra Michel Temer na Câmara dos Deputados; de acordo com o ministro do STF, a Corte irá decidir sobre os mandados de segurança no início da semana que vem; Moraes foi escolhido relator do mandado protocolado nesta quinta-feira pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com pedido de liminar, no qual pede que o STF ordene a apreciação de um pedido de impeachment contra Temer feito pela entidade em maio

BRASILIA DF 28/03/2017 POLITICA Ministro Alexandre de Moraes preside sess„o da 1™ turma do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
BRASILIA DF 28/03/2017 POLITICA Ministro Alexandre de Moraes preside sess„o da 1™ turma do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF (Foto: Charles Nisz)

Agência Brasil - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes disse hoje (17) que decidirá até o início da semana que vem sobre os mandados de segurança que querem obrigar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a dar um parecer sobre os pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer que estão no Congresso Nacional.

Moraes foi escolhido relator do mandado protocolado nesta quinta-feira pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com pedido de liminar, no qual pede que o STF ordene a apreciação de um pedido de impeachment contra Temer feito pela entidade em maio. O pedido foi encaminhado à Câmara, mas não foi apreciado pela Casa.

O ministro recebeu o processo por prevenção, por ser relator de um outro mandado de segurança, impetrado pela Rede, cujos deputados também pediram o impeachment do presidente.

O partido de oposição quer que o Supremo obrigue o presidente da Câmara a se posicionar a respeito de todos os 25 pedidos de impeachment contra Temer que se encontram parados na  Casa. Antes da sessão plenária do STF desta quinta-feira, Alexandre de Moraes afirmou que já recebeu as informações necessárias das partes interessadas, estando apto a decidir sobre o assunto já nos próximos

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247