DEM vai além de Marta e diz que "PT já morreu"

O líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), considerou as declarações da ex-ministra Marta Suplicy (PT) – que afirmou em entrevista ao jornal Estado de São Paulo que ou o PT ou muda ou corre o risco de acabar – como um fato político de alta relevância. Para o democrata, o Partido dos Trabalhadores já chegou ao fim; "Não é que esse PT está para morrer, ele já morreu", disse; "É o primeiro atestado de reconhecimento de alguém que, verdadeiramente, tem história no partido e com grande protagonismo, pois foi uma das referencias mais expressivas do partido", completou

www.brasil247.com - O líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), considerou as declarações da ex-ministra Marta Suplicy (PT) – que afirmou em entrevista ao jornal Estado de São Paulo que ou o PT ou muda ou corre o risco de acabar – como um fato político de alta relevância. Para o democrata, o Partido dos Trabalhadores já chegou ao fim; "Não é que esse PT está para morrer, ele já morreu", disse; "É o primeiro atestado de reconhecimento de alguém que, verdadeiramente, tem história no partido e com grande protagonismo, pois foi uma das referencias mais expressivas do partido", completou
O líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), considerou as declarações da ex-ministra Marta Suplicy (PT) – que afirmou em entrevista ao jornal Estado de São Paulo que ou o PT ou muda ou corre o risco de acabar – como um fato político de alta relevância. Para o democrata, o Partido dos Trabalhadores já chegou ao fim; "Não é que esse PT está para morrer, ele já morreu", disse; "É o primeiro atestado de reconhecimento de alguém que, verdadeiramente, tem história no partido e com grande protagonismo, pois foi uma das referencias mais expressivas do partido", completou (Foto: Paulo Emílio)


247 - O líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), considerou as declarações da ex-ministra Marta Suplicy (PT) – que afirmou em entrevista ao jornal Estado de São Paulo que ou o PT ou muda ou corre o risco de acabar – como um fato político de alta relevância. Para o democrata, o Partido dos Trabalhadores já chegou ao fim. "Não é que esse PT está para morrer, ele já morreu", disse o parlamentar ao Estadão.

Segundo Mendonça Filho, "Ela (Marta Suplicy) está enxergando que o PT se desmanchou em termos de imagem pública", avaliou. "É o primeiro atestado de reconhecimento de alguém que, verdadeiramente, tem história no partido e com grande protagonismo, pois foi uma das referencias mais expressivas do partido", completou referindo-se ao fato de Marta Suplicy ser uma das fundadoras do PT.

Apesar de afirmar que o PT "já morreu", o democrata ressalta qe não se pode falar que a história do partido tenha chegado ao fim. "Não dá para ser tão fatalista, pois todos têm capacidade de renascimento", disse. Segundo ele, o Partido dos Trabalhadores "está contaminado pelo vale tudo para estar no poder'", o que dificulta este renascimento.

Para o parlamentar, o PT "se desmoralizou". "Quando o PT assumiu o poder, desmoralizou suas grandes teses e compromissos. Era um partido que vendia a tese de que era o mais ético do Brasil, que era implacável contra a corrupção, que de fato tocava políticas sociais consistentes, que não deixava o Estado ser tomado por interesses privados escusos e corruptos", disse. "Hoje, loteia o governo. Obedece mais às regras dos interesses dos aliados e não prima pela competência", completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email