Denúncia de Janot contra Temer será lida na segunda-feira

Denúncia da Procuradoria-Geral da República que acusa Michel Temer de liderar uma organização criminosa e de obstruir a Justiça deve ser lida no Plenário da Câmara nesta segunda-feira, 25; denúncia deve receber parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Para isto, a CCJ deverá no começo da semana escolher o relator, que apresentará sua conclusão aos demais colegas da comissão; em seguida, é feita votação para aprovar ou não o relatório; somente depois dessa etapa a peça processual segue para o plenário; presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que pretende dar ritmo veloz à questão, até o o dia 12 de outubro 

Denúncia da Procuradoria-Geral da República que acusa Michel Temer de liderar uma organização criminosa e de obstruir a Justiça deve ser lida no Plenário da Câmara nesta segunda-feira, 25; denúncia deve receber parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Para isto, a CCJ deverá no começo da semana escolher o relator, que apresentará sua conclusão aos demais colegas da comissão; em seguida, é feita votação para aprovar ou não o relatório; somente depois dessa etapa a peça processual segue para o plenário; presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que pretende dar ritmo veloz à questão, até o o dia 12 de outubro 
Denúncia da Procuradoria-Geral da República que acusa Michel Temer de liderar uma organização criminosa e de obstruir a Justiça deve ser lida no Plenário da Câmara nesta segunda-feira, 25; denúncia deve receber parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Para isto, a CCJ deverá no começo da semana escolher o relator, que apresentará sua conclusão aos demais colegas da comissão; em seguida, é feita votação para aprovar ou não o relatório; somente depois dessa etapa a peça processual segue para o plenário; presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que pretende dar ritmo veloz à questão, até o o dia 12 de outubro  (Foto: Aquiles Lins)

247 - A denúncia de organização e criminosa feita pela Procuradoria-Geral da República contra Michel Temer deve ser lida no Plenário da Câmara nesta segunda-feira, 25. No fim da tarde de quinta-feira a denúncia foi protocolada na Câmara, quando já não havia quorum para a leitura de conhecimento da Casa. Também hoje, sexta, não se contabilizava o número mínimo de 51 presentes para tal.

Segundo o rito protocolar, a denúncia deve receber parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Para isto, a CCJ deverá no começo da semana escolher o relator, que apresentará sua conclusão aos demais colegas da comissão. Em seguida, é feita votação para aprovar ou não o relatório. Somente depois dessa etapa a peça processual segue para o plenário.

Em 2 de agosto passado, a primeira denúncia de Janto contra Temer — por corrupção passiva, em decorrência das gravações de Joesley Batista –, o plenário da Câmara não acolheu o processo por 263 votos contra, 227 a favor e duas abstenções.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que pretende dar ritmo veloz à questão, até o o dia 12 de outubro.

As informações são do site Os Divergentes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247