Denunciado por corrupção e quadrilha, Temer quer ser parecerista

Denunciado ao Supremo Tribunal Federal por duas vezes pela prática de crimes como corrupção e formação de quadrilha, Michel Temer projeta seu futuro depois que desocupar o Palácio do Jaburu; segundo a "Coluna Estadão", Temer confidenciou a interlocutores mais próximos que, após deixar o governo, vai trabalhar como advogado na banca de algum de seus amigos

Denunciado por corrupção e quadrilha, Temer quer ser parecerista
Denunciado por corrupção e quadrilha, Temer quer ser parecerista (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Denunciado ao Supremo Tribunal Federal por duas vezes pela prática de crimes como corrupção e formação de quadrilha, Michel Temer projeta seu futuro depois que desocupar o Palácio do Jaburu. 

Segundo a "Coluna Estadão", Temer confidenciou a interlocutores mais próximos que, após deixar o governo, vai trabalhar como advogado na banca de algum de seus amigos.

"Não vai se afastar da vida política. Já sinalizou que reassumirá a presidência do MDB, da qual está licenciado. No comando do maior partido do País, quer manter protagonismo, inclusive no diálogo com o seu sucessor, seja ele quem for", diz a coluna. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247