Depois de 'abacaxi', Bolsonaro diz perguntar a Deus o que faz na Presidência

Depois de afirmar no início do mês que a Presidência é um "abacaxi", saiu-se com mais um lamento na manhã desta quinta, na cerimônia dos 100 dias de seu governo no Palácio do Planalto: “Eu pergunto a Deus de vez em quando o que eu fiz para estar aqui”; ele não esclareceu se já obteve resposta; em 3 de abril, além de reclamara do "abacaxi", disse que "graças a Deus" ficará por pouco tempo e que que está apenas "tocando o barco"

Depois de 'abacaxi', Bolsonaro diz perguntar a Deus o que faz na Presidência
Depois de 'abacaxi', Bolsonaro diz perguntar a Deus o que faz na Presidência (Foto: Reprodução NBr)

247 - Depois de afirmar no início do mês que a Presidência é um "abacaxi", saiu-se com mais um lamento na manhã desta quinta-feira (11), na cerimônia dos 100 dias de seu governo no Palácio do Planalto: “Eu pergunto a Deus de vez em quando o que eu fiz para estar aqui”. Ele não esclareceu se já obteve resposta. Em 3 de abril, além de reclamara do "abacaxi", disse que "graças a Deus" ficará por pouco tempo e que que está apenas "tocando o barco" (aqui).

O lamento desta quinta foi anotado pelo jornalista Bernardo Mello Franco, que o registrou num tweet. Foi durante o discurso de Bolsonaro na solenidade para marcar os 100 primeiros dias de governo.

Presidente com pior avaliação da história em início de mandato, perdendo para Dilma, Lula, FHC e Collor, Jair Bolsonaro fez um discurso tentando convencer o país que seu governo teria cumprido 95% das metas que havia estabelecido. Na cerimônia, estavam ministros, autoridades e parlamentares.

Depois da cerimônia, o chefe do Gabinete Civil, Onyx Lorenzoni, e outros ministros concederam entrevistas com o objetivo principal de tranquilizar o "mercado" quanto à aprovação do fim da Previdência Social.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247