Deputado Luiz Miranda pede socorro à CPI para não ser cassado

Miranda disse à CPI que contou a Bolsonaro, em encontro no Palácio da Alvorada, tudo o que se passava no Ministério da Saúde a respeito de uma possível compra superfaturada da vacina. E que o presidente respondeu que tomaria providências, e não tomou

Luis Miranda e Bolsonaro
Luis Miranda e Bolsonaro (Foto: Reprodução | REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - Senadores da CPI da Covid 19 receberam nesta segunda-feira (20), um pedido de socorro do deputado Luiz Miranda (DEM-DF) que teme ser cassado por ter denunciado corrupção na compra que acabou cancelada de lotes da vacina indiana Covaxin.

O PTB do ex-deputado Roberto Jefferson, preso por manifestações hostis à democracia e insultos a ministros do Supremo Tribunal Federal, pediu ao Conselho de Ética da Câmara que processasse Miranda por quebra do decoro parlamentar.

Nesta terça-feira (21) o relator do seu caso no Conselho de Ética, o deputado Gilberto Abramo (Republicanos-MG), apresentará seu parecer que pode ser pela cassação. Se for e se o Conselho aprovar, o parecer será remetido para votação no plenário.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email