Dilma: “O governo brasileiro é neofascista”

Em entrevista à imprensa espanhola, Dilma Roussef foi clara. O governo Bolsonaro "é neofascista" e ataca "todos os setores". Dilma volta ao Brasil depois de um giro cosagrador na Europa, onde foi saudada em universidades, insitutos e eventos de todo tipo

Dilma Rousseff
Dilma Rousseff (Foto: Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ex-presidente deposta pelo golpe de 2016, Dilma Rousseff, não pensa duas vezes em qualificar Jair Bolsonaro como "neofascista". "Não sei como é que esta situação se irá desenrolar num governo neo-fascista como o atual, que ataca todos os setores", afirma. Ao citar os governos do PT, ela crava: "ele não chegou ao poder por nossos erros, mas por nossos acertos". 

Foi o que ela declarou ao jornal El País, na edição espanhola, durante seu recente giro pela Europa. A ex-presidente denunciou a omissão do Judiciário brasileiro com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e com procuradores da Lava Jato. O Intercept Brasil vem divulgando irregularidades na operação.

"Em qualquer outro país, os procuradores deveriam ser interrogados e até julgados. Cometeram irregularidades e uma série de actos ilegais e irregulares. E ainda mais grave, essas fugas provaram que não tinham provas contra Lula e que forçaram falsas denúncias. Segundo, agiram de forma política", acrescenta Dilma.

"Em relação ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que tinha a mesma situação que Lula, Moro escreveu: Não é preciso investigar um aliado. A justiça brasileira foi comprometida. Um juiz não pode se comportar como um acusador. Não sei como é que esta situação se irá desenrolar num governo neo-fascista como o atual, que ataca todos os setores", reforça.

A abertura da entrevista, feita pela jornalista Cecília Ballesteros, apresenta um perfil agudo de Dilma:

"Poderia dizer-se que Dilma Rousseff, de 71 anos, é uma ativista de esquerda que se tornou tecnocrata. Verdade, mas Dilma é sobretudo uma lutadora. Presidente do Brasil, foi a primeira mulher a governar o país, entre 2011 e 2016. Ativista desde sua juventude, Rousseff invadiu a primeira fileira da política à frente da petroleira estatal Petrobras primeiro, ministra de Energia depois e chefe de Gabinete no último mandato de Lula da Silva, cargos onde ganhou uma reputação de dama de ferro por sua exigente gestão, sua capacidade de trabalho e seu domínio dos temas técnicos.

Filha de imigrantes búlgaros, Rousseff nasceu em uma família de classe média no Estado de Minas Gerais, no sudeste, onde se formou em Economia. Após o golpe de Estado de 1964 que deu lugar à ditadura militar juntou-se aos grupos radicais de esquerda. Embora diga que nunca interveio num confronto armado, foi detida e torturada, e aqui há que dizer que nestas práticas os militares brasileiros da época eram uns autênticos especialistas, e passou três anos na prisão."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email