Dilma e Gleisi vão a Cuba expor situação de Lula no Foro de São Paulo

A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), irão na semana que vem a Cuba para o encontro anual do Foro de São Paulo e denunciar o que classificam como prisão política do ex-presidente; "Enquanto Lula estiver preso, nós não vamos ajudar em nada no processo de estabilização do país", disse Gleisi

Dilma e Gleisi vão a Cuba expor situação de Lula no Foro de São Paulo
Dilma e Gleisi vão a Cuba expor situação de Lula no Foro de São Paulo (Foto: Esq.: Stuckert)

247 - A ex-presidente Dilma Rousseff e a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), viajam na semana que vem para Cuba com o objetivo de participar do encontro anual do Foro de São Paulo. O evento congrega partidos políticos e organizações de esquerda da América Latina. Dilma e Gleisi pretende denunciar o que classificam como prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eu vou agora para o Foro de São Paulo fazer uma denúncia também. Dilma vai, resolvemos ir para fazer a denúncia do que está acontecendo", disse Gleisi ao Valor PRO.

De acordo com a parlamentar, "enquanto Lula estiver preso, nós não vamos ajudar em nada no processo de estabilização do país". "Acho que [o impedimento de Lula concorrer] vai criar uma grande instabilidade. E não contem com o PT para ajudar a reestabilizar", afirmou ela, acrescentando que "ou o devido processo legal é restaurado, e para todos, ou não contem [com o PT]. Porque eles não têm capacidade política nem autoridade institucional para conduzir o país". "O primeiro problema que der, eles vão ver".

Leia a íntegra no Valor

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247