Dilma evita comentar candidatura Serra em São Paulo

Ao ser questionada sobre a entrada do tucano na disputa das eleies municipais e o apoio que o PSD vai dar ao ex-governador, a presidente se esquivou

Dilma evita comentar candidatura Serra em São Paulo
Dilma evita comentar candidatura Serra em São Paulo (Foto: ANDRE DUSEK/AGÊNCIA ESTADO)

A presidente Dilma Rousseff usou a mesma postura, adotada durante todo o dia, para evitar responder qualquer pergunta que não fosse sobre as obras que visitou no Ceará. Na última visita realizada em Fortaleza, na Vila do Mar, ao ser questionada sobre a entrada do tucano José Serra na disputa das eleições municipais de São Paulo e o apoio que o PSD vai dar ao ex-governador, a presidente primeiro ironizou, dizendo que não iria responder perguntas sobre sua viagem à Hannover, na semana que vem, ou sobre a conversa que terá com a chanceler alemã Angela Merkel. Diante da insistência e perguntada se estava preocupada com a entrada de Serra na disputa, ela simplesmente emendou respondendo: "o governo é federal".

A presidente usou sua visita à Fortaleza para tentar apaziguar os ânimos entre a prefeita Luizianne Lins (PT) e o governador Cid Gomes (PSB). Os dois partidos estão em disputa pelo nome que será o indicado à prefeitura local.

Ao contrário do que foi anunciado, Cid e Luizianne participaram dos cinco eventos durante todo o dia juntos. No almoço, oferecido pelo governador, sentaram-se à mesma mesa e, no final do dia, Dilma fez questão de colocar os dois em seu carro. Os três foram "apertadinhos" como disse o governador, no banco de trás.

Foi mais um gesto que a presidente fez para mostrar que eles têm de se entender, reiterando os discursos que fez pela manhã. No final, antes de entrarem no carro para irem em direção ao aeroporto, Luizianne e Cid tiraram foto lado a lado, abraçados, fazendo "v" de vitória, tentando mostrar que está tudo bem entre eles.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247