Dilma interrompe repouso e recebe Lobão

Diagnosticada com pneumonia, ela despacha no Alvorada; no domingo, mdicos garantiam que presidente retomaria as atividades no Planalto nesta segunda; mudana nos planos no foi explicada

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rodolfo Borges_247, de Brasília – Depois de cancelar a agenda de reuniões desta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff resolveu receber o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, no Palácio da Alvorada, onde tinha se recolhido para se recuperar da pneumonia leve diagnosticada no domingo. Dilma tinha reuniões marcadas com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, às 11h e às 15h. Lobão acabou recebido por volta das 16h30 na residência presidencial.

A reunião com Bittencourt já tinha sido adiada de sexta-feira para esta segunda devido ao quadro de saúde de Dilma. Segundo os médicos, a presidente deve voltar ao trabalho até quarta-feira, mas o retorno ao Palácio do Planalto já pode ocorrer amanhã, dependendo da evolução do quadro de saúde. Até o domingo, a informação oficial era de que ela retornaria a atividade nesta segunda-feira. Não houve explicações do que teria provocado o adiamento do retorno ao trabalho, o que levou a especulações sobre a gravidade do problema de saúde da presidente, mas uma equipe de médicos está de prontidão para atendê-la.

A possibilidade de que Dilma tivesse pegado a pneumonia como decorrência da vacina contra a gripe tomada na quinta-feira, na abertura da campanha nacional contra a gripe, foi desmentida pelo médico Roberto Kalil Filho, do Sírio-Libanês. Dilma também cancelou a participação nas festividades do 1º de maio, Dia do Trabalhador, celebrado no domingo, e foi aconselhada a diminuir as horas diárias de trabalho . A presidente é conhecida por chegar cedo ao Palácio do Planalto, por volta das 9h, e só deixar o serviço depois das 20h. Dilma, que está sendo medicada com antibióticos, estava gripada há 10 dias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email