Dilma nega ter conta na Suíça e benefícios da JBS

Em nota sobre reportagem publicada nesta sexta-feira 2 no Estadão, a assessoria de imprensa da presidente deposta diz ser "fantasiosa a versão" de que ela "seria beneficiária de conta na Suíça, ainda mais sob a titularidade do senhor Joesley Batista"; "Ela nega que tenha recebido qualquer benefício pessoal do empresário, ainda mais financeiro. Essa versão não se sustenta e sua falsidade será atestada na Justiça", destaca o texto

Brasília - DF, 13/04/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à imprensa. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Brasília - DF, 13/04/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista à imprensa. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Foto: Gisele Federicce)

247 - Em nota sobre reportagem publicada nesta sexta-feira 2 no jornal O Estado de S.Paulo, a assessoria de imprensa da presidente deposta Dilma Rousseff nega que ela tenha qualquer conta na Suíça, mesmo em nome do empresário Joesley Batista, e nega ter recebido qualquer benefício do grupo JBS.

Em sua delação no âmbito da Lava Jato, Joesley contou ter duas contas em seu nome em paraíso fiscal, uma destinada ao ex-presidente Lula e outra a Dilma, com US$ 150 milhões nas duas, para atender a despesas das campanhas presidenciais do PT e dos dois governos petistas.

Leia a íntegra da nota de Dilma:

A respeito de contas na Suíça

Sobre a reportagem publicada hoje, 2 de junho, pelo O Estado de S.Paulo, a Assessoria de Imprensa de Dilma Rousseff esclarece:

É fantasiosa a versão de que a presidenta eleita Dilma Rousseff seria beneficiária de conta na Suíça, ainda mais sob a titularidade do senhor Joesley Batista, que movimentaria recursos a seu bel prazer. Ela nega que tenha recebido qualquer benefício pessoal do empresário, ainda mais financeiro. Essa versão não se sustenta e sua falsidade será atestada na Justiça. Dilma Rousseff jamais teve contas no exterior.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
DILMA ROUSSEFF

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247