Dilma quer dobro do tempo de TV de adversários

PT conseguiu fidelizar uma ampla coalização de dez partidos, a maior desde sua primeira candidatura em 1989; com isso, deve garantir a presidente Dilma Rousseff mais da metade da propaganda eleitoral na TV – o que representa o dobro do tempo de Aécio Neves e Eduardo Campos juntos; segundo ela, exposição é necessária para fazer "a grande prestação de contas" de seu governo

PT conseguiu fidelizar uma ampla coalização de dez partidos, a maior desde sua primeira candidatura em 1989; com isso, deve garantir a presidente Dilma Rousseff mais da metade da propaganda eleitoral na TV – o que representa o dobro do tempo de Aécio Neves e Eduardo Campos juntos; segundo ela, exposição é necessária para fazer "a grande prestação de contas" de seu governo
PT conseguiu fidelizar uma ampla coalização de dez partidos, a maior desde sua primeira candidatura em 1989; com isso, deve garantir a presidente Dilma Rousseff mais da metade da propaganda eleitoral na TV – o que representa o dobro do tempo de Aécio Neves e Eduardo Campos juntos; segundo ela, exposição é necessária para fazer "a grande prestação de contas" de seu governo (Foto: Roberta Namour)

247 – Com mais partidos aliados por sua reeleição do que na candidatura de 2010, a presidente Dilma Rousseff pretende chegar em junho a pelo menos o dobro do tempo de rádio e televisão de seus adversários para sua campanha.

Com o impulso da articulação do ex-presidente Lula, nas últimas semanas, o PT conseguiu fidelizar uma ampla coalização de dez partidos, a maior desde sua primeira candidatura em 1989.

O time vai garantir a presidente Dilma Rousseff mais da metade em cada bloco de 25 minutos da propaganda eleitoral na TV – o que representa o dobro do tempo de Aécio Neves e Eduardo Campos juntos.

Segundo ela, exposição é necessária para fazer "a grande prestação de contas" de seu governo.

Leia aqui a reportagem de Raymundo Costa sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247