Dilma reforçará marca social do governo

Ordem da presidente Dilma Rousseff (PT) a ministro é para que todos os auxiliares, sempre que fizerem discursos públicos, citem programas sociais como Mais Médicos, Pronatec, Prouni, Brasil Sem Miséria e Minha Casa, Minha Vida; objetivo é destacar que muitos dos programas mencionados hoje pelos adversários são conquistas da administração do PT e representam "só um começo"; uma grande campanha publicitária sobre o Mais Médicos está sendo preparada; "O principal cabo eleitoral do seu governo é você mesma", disse Lula a Dilma no início do mês

Ordem da presidente Dilma Rousseff (PT) a ministro é para que todos os auxiliares, sempre que fizerem discursos públicos, citem programas sociais como Mais Médicos, Pronatec, Prouni, Brasil Sem Miséria e Minha Casa, Minha Vida; objetivo é destacar que muitos dos programas mencionados hoje pelos adversários são conquistas da administração do PT e representam "só um começo"; uma grande campanha publicitária sobre o Mais Médicos está sendo preparada; "O principal cabo eleitoral do seu governo é você mesma", disse Lula a Dilma no início do mês
Ordem da presidente Dilma Rousseff (PT) a ministro é para que todos os auxiliares, sempre que fizerem discursos públicos, citem programas sociais como Mais Médicos, Pronatec, Prouni, Brasil Sem Miséria e Minha Casa, Minha Vida; objetivo é destacar que muitos dos programas mencionados hoje pelos adversários são conquistas da administração do PT e representam "só um começo"; uma grande campanha publicitária sobre o Mais Médicos está sendo preparada; "O principal cabo eleitoral do seu governo é você mesma", disse Lula a Dilma no início do mês (Foto: Valter Lima)

247 - A presidente Dilma Rousseff (PT) determinou aos ministros que adotem a estratégia do reforço na divulgação das marcas do governo. A ordem é para que todos os auxiliares, sempre que fizerem discursos públicos, citem programas sociais como Mais Médicos, Pronatec, Prouni, Brasil Sem Miséria e Minha Casa, Minha Vida. Objetivo é destacar que muitos dos programas mencionados hoje por seus adversários são conquistas da administração do PT e representam "só um começo".

Uma campanha publicitária sobre o Mais Médicos entrará no ar na próxima semana. Para rebater as críticas da oposição de que o governo Dilma investe no "trabalho escravo" de médicos cubanos, a propaganda na TV mostrará como o programa, com cerca de 14 mil novos profissionais, tem mudado a vida dos mais pobres, principalmente no interior. A meta é que, até a Copa do Mundo, o plano dê assistência a 49 milhões de pessoas.

"O principal cabo eleitoral do seu governo é você mesma", disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em conversa com Dilma, no início do mês. "Os ministros têm que divulgar as ações do governo, dar respostas mais rápidas e traduzir todos esses números para a vida real. Ninguém sabe o que é PIB. A pessoa quer saber o que pode comprar no supermercado, se a vida melhorou ou não", ressaltou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247