Dilma reúne seis ministros do PMDB para evitar rompimento

Presidente Dilma Rousseff reuniu-se na manhã desta segunda-feira 28 com os ministros Eduardo Braga (Minas e Energia), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Marcelo Castro (Saúde) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) para discutir ações para conter eventual desembarque do PMDB; partido presidido por Michel Temer decide nesta terça-feira 29 se rompe ou não com o governo Dilma, no qual ocupa sete ministérios

Brasília - DF, 24/03/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista para veículos da imprensa internacional. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Brasília - DF, 24/03/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista para veículos da imprensa internacional. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR (Foto: Aquiles Lins)

BRASÍLIA (Reuters) - Na véspera da reunião do PMDB que definirá se o partido desembarca ou não do governo, a presidente Dilma Rousseff reuniu-se na manhã desta segunda-feira com ministros da legenda, disseram à Reuters duas fontes do partido.

Segundo as fontes peemedebistas, a reunião contou, pelo menos, com a participação dos ministros Eduardo Braga (Minas e Energia), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Marcelo Castro (Saúde) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia).

Uma outra reunião, apenas entre os ministros peemedebistas, sem Dilma, deve ocorrer ainda na tarde desta segunda.

Outro local movimentado nessa véspera de decisão do PMDB tem sido a residência oficial do vice-presidente Michel Temer, por onde já passaram Braga, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-ministro da Aviação Civil, Moreira Franco.

O diretório nacional do PMDB, presidido por Temer, se reúne na terça-feira para discutir se rompe ou não com o governo Dilma, no qual ocupa sete ministérios. Na semana passada, uma fonte que acompanha esse processo na legenda disse que os partidários do desembarque já têm os votos necessários para romper com o Palácio do Planalto.

Se confirmado, o desembarque do PMDB do governo representará uma dura derrota para Dilma, que enfrenta um pedido de abertura de processo de impeachment na Câmara dos Deputados. O PMDB é o maior partido da base de apoio da petista.

(Reportagem de Leonardo Goy e Maria Carolina Marcello)

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247