Dinheiro da Andrade saiu do mesmo caixa que doou a Aécio, diz defesa de Dilma

Advogado da campanha de Dilma Rousseff, Flávio Caetano, assegura que as doações feitas pela empreiteira Andrade Gutierrez à petista em 2014 são legais, como confirmado pelo próprio empreiteiro Otávio Azevedo, ex-presidente da empresa, em depoimento à Justiça nesta semana; segundo ele, as "doações feitas pela Andrade Gutierrez à campanha de Dilma-Temer tiveram origem legal e provieram do mesmo caixa financeiro das doações feitas à campanha de Aécio Neves", do PSDB

Advogado da campanha de Dilma Rousseff, Flávio Caetano, assegura que as doações feitas pela empreiteira Andrade Gutierrez à petista em 2014 são legais, como confirmado pelo próprio empreiteiro Otávio Azevedo, ex-presidente da empresa, em depoimento à Justiça nesta semana; segundo ele, as "doações feitas pela Andrade Gutierrez à campanha de Dilma-Temer tiveram origem legal e provieram do mesmo caixa financeiro das doações feitas à campanha de Aécio Neves", do PSDB
Advogado da campanha de Dilma Rousseff, Flávio Caetano, assegura que as doações feitas pela empreiteira Andrade Gutierrez à petista em 2014 são legais, como confirmado pelo próprio empreiteiro Otávio Azevedo, ex-presidente da empresa, em depoimento à Justiça nesta semana; segundo ele, as "doações feitas pela Andrade Gutierrez à campanha de Dilma-Temer tiveram origem legal e provieram do mesmo caixa financeiro das doações feitas à campanha de Aécio Neves", do PSDB (Foto: Gisele Federicce)

247 – O advogado da campanha presidencial de Dilma Rousseff em 2014, Flávio Caetano, afirmou em nota que todas as doações feitas para a petista pela empreiteira Andrade Gutierrez foram legais, o que foi reconhecido por Andrade Gutierrez em depoimento prestado na segunda-feira 19.

Segundo disse o ex-presidente da companhia ao ministro Herman Benjamim, do Tribunal Superior Eleitoral, as "doações feitas pela Andrade Gutierrez à campanha de Dilma-Temer tiveram origem legal e provieram do mesmo caixa financeiro das doações feitas à campanha de Aécio Neves", do PSDB, lembra a defesa de Dilma.

A nota diz ainda que todas as doações foram feitas de forma espontânea e voluntária e assegura ser mentirosa e inverídica qualquer "ilação em contrário" envolvendo os coordenadores de campanha Edinho Silva e Giles Azevedo. A Andrade Gutierrez doou R$ 20 milhões para a chapa Dilma-Temer em 2014.

Azevedo também disse que parte da doação eleitoral feito pela companhia – ao menos R$ 1,5 milhão – para a chapa encabeçada pelo PT foi propina repassada ao partido pela obra da usina de Belo Monte, segundo nota publicada pela jornalista Cristiana Lôbo, em sua coluna no portal G1.

Leia a nota:

Doações da Andrade Gutierrez foram legais

A defesa de Dilma Rousseff, no âmbito das ações eleitorais perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirma que, em depoimento prestado ontem, o sr. Otávio Azevedo reconheceu que as doações feitas pela Andrade Gutierrez à campanha de Dilma/ Temer tiveram origem legal e provieram do mesmo caixa financeiro das doações feitas à campanha de Aécio Neves, do PSDB.

A defesa de Dilma afirma também que todas as doações foram feitas de forma espontânea e voluntária, sendo mentirosa e inverídica qualquer ilação em contrário envolvendo a conduta dos coordenadores da campanha de 2014, Edinho Silva e Giles Azevedo.

FLÁVIO CAETANO
ADVOGADO DE DILMA ROUSSEFF

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247