Dirceu: "a democracia e a Nação estão em perigo. Impeachment já"

"Sem pudor ou medo, um general que jurou defender a Constituição ameaça a Suprema Corte e o próprio presidente confessa que arma o seu 'povo' numa confissão pública de seu objetivo golpista", diz o ex-minsitro José Dirceu. "O que esperamos? A paciência esgotou", afirma

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro José Dirceu avalia que, "ao se tornar o principal aliado da pandemia, essa é a verdade nua e crua, Bolsonaro não deixa alternativa à nação que não seu impeachment com base na Constituição e nos crimes de responsabilidade que cometeu e comete diariamente".

"Há consenso nas esquerdas sobre a urgência do afastamento constitucional do presidente. PSB, PDT, PV e REDE já haviam protocolado um pedido nesse sentido. E vozes em todo país, de todos matizes políticos e classes sociais pedem que a Câmara dos Deputados, por meio de seu presidente Rodrigo Maia, a Suprema Corte e mesmo o Tribunal Superior Eleitoral cumpram seu papel constitucional", escreve me análise publicada no site Nocaute

Dirceu destaca que, "sem pudor ou medo, um general que jurou defender a Constituição ameaça a Suprema Corte e o próprio presidente confessa que arma o seu 'povo' numa confissão pública de seu objetivo golpista". 

"O que esperamos? A paciência esgotou", diz. "Todo apoio aos governadores e prefeitos; todo apoio ao SUS; crédito sem juros e sem exigência de garantias para os micros e pequenos empresários, para os ambulantes e autônomos; renda básica para os trabalhadores desempregados e informais, única forma comprovada de sustentar o isolamento social sem o que dezenas de milhares morrerão", acrescenta.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247